Alea iacta est
Me prometeu a lua,
mas foi embora,
antes mesmo do sol se pôr.


c-a-n-a-r-i-o:

E que a minha loucura seja perdoada.
Porque metade de mim é amor e a outra metade também.

Oswaldo Montenegro


“Quer saber? Te amo. Te amo de um jeito que eu tento explicar e não sei. Palavra fica presa. Engasgo, afogo e uso palavras pela metade. Na hora H sempre falta uma vogal. Mas quer, de novo, saber? Meu coração nunca foi pela metade: sempre foi-inteirinho-seu.”
Clarissa Corrêa. (via alentador)

manuscrituras:

cuidado pra não morrer congelado nesse inverno branco que você mesmo criou. cuidado pra não morrer afogado nesse rio de tristeza que tem percorrido as ruas da tua alma. cuidado pra não ser consumido. cuidado com a vida. cuidado ao ser demais você. cuidado pra não deixar de ser.




gata, para de postar que ama vodka, que toma cerveja, toma tequila porque única coisa que você toma nessa vida é no cu


“A gente não se apaixona por quem vive reclamando e amassando jornais contra a parede. A gente se apaixona por esses tipinhos banais que vivem rindo. E a gente se pergunta: o que é que ele tem que brilha tanto? Que é que ele tem que quando chega ofusca todo o resto?”
Tati Bernardi.  (via sehnsuchht)

a boca dela é tipo um convite, dizendo “me beije”






“Sabe qual o problema em esquecer alguém? Muitas vezes nós não queremos esquecer. Queremos nos segurar a cada momento, cada memória, queremos que as fotografias se mexam e se transformem em realidade. Eu sei, não é fácil esquecer alguém que fez parte dos melhores momentos da sua vida.”
 Nicholas Hoffman. (via alentador)

THEME